Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Parte I

Perfeito diamante

Por trás da cortina, apenas revejo
Uma triste nuvem de fumaça
Onde o tecido velho se esgaça
Rompendo espaços, num lampejo

“estavas linda...” descansando
Em tua triste sina, adormelinda
Imune aos elogios, rosto macio
Além no exílio, no navio

Dos sonhos, com teu forte capitão
Ao longe, em outros tempos
Nas costas de fogoso alazão
Murmuravas teus doces lamentos.

Por trás das colunas dos séculos
Ainda me entristeço, por tua partida
Dama de madeixas e pestanas douradas
Em esquife velado, estão encerradas.

O frio mármore de tua prisão
Não pode ter congelado teu coração
Liberto da humana condição
Baila feliz, com teu amor de perdição

Procuro nas noites escuras do tempo
Desço pela escanada sinuosa do lento
Passado morto mas não soterrado
Busco a verdade total de teu tormento

Ah! Por ti meu espírito também vela
A chama do amor não se acaba
No silencio de teu repouso na capela
Ela aos tempos eterniza e ultrapassa

Cismo em lembrar teu sorriso doce
Teimo e insisto como se ainda fosse
Possível segurar a mão do rei vilão
Que assinou sua morte, vil ladrão.

Não ouso a ti trazer a baila
Nem sequer mencionar o pobre e forte
Pedro, teu par, teu amor, teu amante
Que sofreu demais, vendo tua sorte

Se hoje puderes estender a vista
Para diante, verás que és triunfante
Nem mesmo o tempo ofuscou
O brilho de vocês dois. Perfeito Diamante

Aradia Rhianon
Enviado por Aradia Rhianon em 11/09/2006
Código do texto: T237708

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Aradia Rhianon
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
1208 textos (87669 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 11:51)