Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

De "A" a "Z"

Não é mandamento, mas me contentaria
De ter sido melhor ainda nas vogais
De "A" a "Z" sinto-me atropelada nesse sistema de vida...
Então faço dos meus escritos minha cartilha
Não para ser seguida, tão somente sentida desejo

Dos primeiros passos, do be a ba de infância
Escrevo lembranças...

Neste abecedário da vida, vou pontuando minhas faltas
Num verso adiante e mais ciente talvez
Mude a rima...

Separando as sílabas de amores
Retrato assim, idas e vindas numa só linha
Ou quem sabe, uma poesia inteira de saudade...

Assim vou aprendendo que,
Nem todo "A" é de amor
Quando o verso chora
Mas a letra "Z" pode ser um recomeço
Em alguma lição de vida... 


Dedico a Poetisa Eliana Alves... entre as letra "A" e "Z", existe o "E" de Eliana, e nessa menina de olhos verdes, há muitos versos e poesias a serem escritas ainda! Não desista nunca da poesia, Deus sabe bem onde fazê-las pousar. Beijos no teu
coração
!
ziza Silvestre
Enviado por ziza Silvestre em 13/09/2006
Reeditado em 13/09/2006
Código do texto: T239260

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
ziza Silvestre
Ourinhos - São Paulo - Brasil, 53 anos
217 textos (14085 leituras)
1 e-livros (52 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 02:56)
ziza Silvestre