Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ANDRÉIA, CORDAS E CANÇÃO

Andréia, toca teu violino
melodia suave,
som como que divino
acalanto de paz
pra ninar gente grande.
 
Quão sonoras são
as ondas de tua canção.
Cala fundo o coração
quando vibram
teus acordes-menina.
Sabes como ninguém
teu jeito de ser harmonia.
Tocas encantos, sinfonias
em teus movimentos-perfeição.
 
Dedos ágeis, mãos treinadas,
cordas afinadas,
disciplina no olhar.
Basta um soluçar
da platéia em tua direção,
soam acordes de atenção
aos aplausos que te dizem:
aí está o teu talento
que multiplicaste como alento
para nos acalentar.
 
Ó Beleza inconfundível de Deus
que te fez resplandecer
em notas musicais.
Quando tocas recitas paz
para os que vêem te escutar.
Quando tocas,
pões a alma em teu recital,
conteúdo colossal,
transparência do viver.
 
Que mais posso dizer
dos arranjos que fazes?
Peço a Deus uma tal coragem
para também fazer da vida
uma bela canção de paz.
Frei Fernando Maria
Enviado por Frei Fernando Maria em 26/09/2006
Reeditado em 23/01/2008
Código do texto: T249626
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Frei Fernando Maria
João Pessoa - Paraíba - Brasil, 57 anos
992 textos (215285 leituras)
87 áudios (18785 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 01:58)
Frei Fernando Maria

Site do Escritor