Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

À MINHA MULHER

                À  minha Mulher



A força que de ti emana como magia,
Magnetiza e sujeita minha vontade,
Sendo atraído para ti em cada dia,
Como centro, fosses tu da gravidade.

Teus olhos são estrelas cintilantes,
Cujo brilho inefável, do Céu auferem,
E em sua órbita vagueiam os meus errantes,
Já que de teu encanto, fugir não querem

Teu sorriso, tem a magia da luz,
Que emerge brilhante da escuridão,
Tem o encanto terno que me seduz,
Aquece e acalma o meu coração.

Se Deus dá a felicidade a quem lhe apraz,
Eu agradecimentos lhe estou devendo,
Por ser credor, mais do que sou capaz,
De merecer o amor que estou merecendo.

Pelo amor que recebi e não dei,
Pela minha falta de atenção,
Desculpa meu amor se falhei,
E perdoa a minha ingratidão.

Alberto Carvalheiras
Enviado por Alberto Carvalheiras em 07/10/2006
Código do texto: T258524
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Alberto Carvalheiras
Portugal, 73 anos
323 textos (10328 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 22:23)
Alberto Carvalheiras