Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sem ou cem palavras

Sem ou cem palavras.

Ao meu pai que Deus levou a 21 anos.
Cem palavras não dizem o que sinto e sempre senti por ele.
Cem palavras não são suficientes pra honrar a sua memória.
Por isso, basta um agora
TE AMO SEMPRE, ETERNAMENTE, PARA TODA MINHA VIDA AQUI E LÁ JUNTO COM O SR. meu pai adorado e muito amado.
Faço jus a letra PAI da música do Fábio Júnior que sempre choro quando escuto.
Não seria um choro de tristeza e sim uma saudade pura, saudade dele não ter visto o neto, saudade de seu ombro, de suas poucas e eficientes palavras.
Por isso,
EU DIGO AGORA E SEMPRE!!!!!!!
PRO MEU PAI AMADO.
" SEM PALAVRAS".
MÔNICA BYNOT
Minha Autoria - dia 03-07-2006 //20:04 hs.
Mônica Bynot
Enviado por Mônica Bynot em 12/10/2006
Código do texto: T262288

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Mônica Bynot
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
1493 textos (100870 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 13:55)
Mônica Bynot