Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

POBRES CRIANÇAS POBRES

 
 Ninguém pediu pra nascer
 Também não as criancinhas
 Que vivem a pedir
 Um pedaço de pão,
 Um pouco de amor e atenção.
 Sejamos solidários
 Com os pobres inocentes
 Que só o que desejam
 Saber os motivos
 Do sofrimento impingido
 Pela vida, pelas falhas,
 Pela negligência
 De um governo omisso.
 Ergamos as mãos aos céus
 Pedindo clemência
 Para os egoístas que
 Compõem os poderes,
 Deste país onde insanos
 Dirigem a nação,
 Não lembrando de dividir
 Seus altos salários
 Com os miseráveis
 A fim de saldar as dívidas
 Que têm com o Criador.
marlene andrade reis
Enviado por marlene andrade reis em 12/10/2006
Código do texto: T262964
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
marlene andrade reis
Taguatinga - Distrito Federal - Brasil
250 textos (12508 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 22:38)
marlene andrade reis