Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

" Hino Negro"

Filho de negros forrasteiros,
sou Brasil , eu sou País,
O bom fruto da história,
aqui eu finquei raiz.
Respeitando meu irmão,
de raça credo e cor,
fui criado com calos nas mãos,
valorizando esta minha Nação.
Fui criado com calos nas mãos,
valorizando esta minha Nação.

           (REFRÃO)

Oi! que orgulho irmão!
Ser queimado no sol brasileiro,
se negro altaneiro, e real deste chão!
Ser queimado neste sol brasileiro,
do Rio de Janeiro, que que há meu irmão?

Minha cor não é passageira.
Descarto migalhas, favor.
Caracter no peito suguei,
e fui dengado no puro amor.
Pelo espeço usurpado briguei.
usando a arma da educação,
Não foi com orgulho infundado,
fui nobre, educado lutei e venci,
Não foi com orgulho infundado,
fui nobre e educado, lutei e venci.

E como fui nobre sendo pobre?
Tambem não é rico o mangue?
Se somos a mesma carne,
não nos corre o mesmo sangue?
Tentaram minha cor destruir,
Mas "tiveram que me engulir"
Dominei o tal preconceito,
a vida driblei com virtude no peito,
Dominei o tal preconceiro,
a vida driblei com virtude no peito.

Coisa que fere meu coração,
é ver um filho deste torrão,
um negro nos guetos da vida,
medingando um pedaço de pão.
Levanta a cabeça, meu irmão,
tua cor é o que você é,
Mas não se conseque nada na vida,
sem Deus,o trabalho,a vontade e fé.
Mas não se consegue nada na vida,
sem Deus, o trabalho, a vontade e a fé.

Nota:
O negro é real, é fruto desta terra, queira ou não, é daqui.
O negro é esta terra e esta gente brasileira.
As raizes desta gente é ,e esta profunda ,aqui.
O negro tem direito e dever de ser o bom fruto;
Quando se respeita nossos semelhantes, de qualquer raça, credo ou cor, e quando se é criado com calos( no trabalho seja ele qual for)valoriza-se nossa Nação e esta Nação precisa de gente assim.

Oi meu irmão! o que que há de mal em ser negro, meu irmão?
Não é um orgulho tremendo ser queimado por este sol brasileiro?
Diz o texto: Minha cor não muda, ( não descasco com o sol)
Discarto migalhas:(uso uma só vez o favor a mim oferecido) Todos nós precisamos de uma ajuda, mas o negro não precisa de esmolas, de vagas nas escolas como se fossem interditos, precisa sim ,é de conquistar seu espaço na sociedade, o negro tem competencia para conquistar seu espeço é so querer.Brigar pelo espaço usurpado, usando as armas da EDUCAÇÃO.
A verdadeira cor da sociedade é a virtude, o trabalho, a vontade e a fé em Deus.
Este tal de preconceito, se dribla com esmero no vestir( limpeza) , no falar, no sorriso franco, na simpatia.
O mangue não é negro? E não é riquissimo em tantas vidas?
Que orgulho irmão! ser queimado pelo sol brasileiro, ser negtro altaneiro e real deste chão!
Roosevelt Luiz de Souza Souza
Enviado por Roosevelt Luiz de Souza Souza em 16/11/2006
Código do texto: T293319

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Roosevelt Luiz de Souza Souza
Osasco - São Paulo - Brasil
58 textos (4473 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 02:18)