Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

QUEM É VOCÊ ( Especialmente)

Que quando eu cheguei você já estava
com amor e carinho me acariciava
quem é você que quando eu chorava
sorrindo me acalentava

Quem é você que me ensinou
a dar meus primeiros passos
que quando eu caía e chorava
enchia-me de abraços

Quem é você que no meio da noite
em meu quarto eu sempre via entrar
e, fingia estar dormindo
feliz por você me agasalhar

Quem é você que acordava
bem cedo para trabalhar
e tão pequena eu era
que dormia sem o ver voltar

Quem e você que tantas vezes
nem um centavo no bolso tinha
mas sempre comprava um agrado
para ver feliz aquela garotinha

Quem é você que me ensinou
os primeiros rabiscos desenhar
e dizia que estava lindo
somente para me alegrar

Quem é você que me botou
na escola pra estudar
porque era seu sonho um dia
ver aquela garotinha brilhar

Quem é você que paciente
mostrou-me o caminho a seguir
falando-me do bem e do mal
e onde eu não deveria ir

Quem é você que sofreu calado
quando eu jovem, às vezes o respondia
porque nossas verdades eram diferentes
e eu não queria ouvir o que você dizia

Quem é você que me ensinou
o que era ser bom de verdade
que ser bom é ser gente descente
viver com dignidade

Quem é você que ao longo do tempo
todo seu cabelo branqueou
mas nem nas suas angústias
jamais de mim se afastou

Quem é você que sendo velho
entendia e valorizava minha juventude
proibia, mas também elogiava
a minha mais sensata atitude

Quem é você que me deu tanto
e em troca nada pediu ou cobrou
eu cresci com sua força
porque você sempre me valorizou

Quem é você que também me ensinou
a saber, amar e perdoar
quem é você que tanto fez
e que agora me faz chorar

Não pode responder-me
mas tenho a resposta certa
você foi o homem mais presente
de cada hora certa e incerta

Não preciso perguntar quem é você
nem onde anda você que foi tanto
você está na saudade
que hoje mora no meu pranto
                                         
Hoje sei bem quem é você
a resposta doída de dentro de mim sai
você que não está mais aqui
mas que sempre vou amar

Meu pai!

Célia Jardim


Célia Jardim
Enviado por Célia Jardim em 13/08/2005
Reeditado em 08/12/2007
Código do texto: T42387

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Célia Jardim
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
1058 textos (43821 leituras)
19 áudios (1393 audições)
9 e-livros (765 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 08:13)
Célia Jardim