Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Destinatário: senhor Manoel Custódio Alves PAI...

Pai...


Que a prece a ti hoje ofertada
Soe gratidão, as flores meu sorriso
 Que a ti encantou a vida...
As lágrimas hoje vertida PAI, os
Diamantes que Amim ofertou.
Os versos as canções
Que cantamos juntos e este
É especial eis aqui sua poetisa
A quem tanto incentivou!
Não tenho palavras PAI....

Obrigada   obrigada. obrigada
Saudades saudades saudades...
 Que meus beijos que de poéticos são seus
Estalem em contentamento agradecendo
DEUS o prazer que a mim foi concedido
Ser pedaço de você .


Obrigada meu DEUS por poder agradecer
Ter nesta existência um mestre como este SER
Agradecendo na certeza que na eternidade ESTE chegará
Portado por um ANJO, que de carteiro se fará
Anunciando a chegada do mesmo ao som do
Do violão que tanto solou para que recita se


Deth Haak. A fortaleza que chora por não ter meu paizinho tocando o violão Aqui, POIS LÁ COM CERTEZA ELE ESTA A TOCAR.. Que nestas linhas encharcadas de lágrimas felizes por acreditar que a morte Não é o fim da vida e sim o começar de uma outra. FELIZ DIAS DOS PAIS A TODOS VOCÊS QUE ALEGRAM MINHA VIDA.
Deth Haak
Enviado por Deth Haak em 14/08/2005
Código do texto: T42594
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Deth Haak
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil, 57 anos
547 textos (65368 leituras)
50 áudios (9719 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 02:13)
Deth Haak