Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

UM PONTO DO CÉU

UM PONTO DO CÉU

Desenhou-se estrela
Brincou com notas
Dedilhou sonatas
Desceu a noite
Cobriu com véu
Manto de breu
Tisnando a vida
Há quem vigilante seja
E acenda a chama
Da estrela adormecida
A magia da poesia
Fez-se vida
Reacendeu o lume
Da estrela que se tornou
Um ponto no céu


Nadir: Do árabe "vigilante", um ponto do céu, Indica o oposto de zênite, o ponto do céu oposto ao zênite.

Denise Severgnini
Enviado por Denise Severgnini em 12/10/2005
Código do texto: T58987

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original (Denise de Souza Severgnini http://www.denisesevergnini.recantodasletras.com.br) e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Denise Severgnini
Novo Hamburgo - Rio Grande do Sul - Brasil, 57 anos
11345 textos (916725 leituras)
16 áudios (8882 audições)
311 e-livros (34110 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 10:59)
Denise Severgnini