Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Só As Mães Sabem Amar

Tenho vergonha de chamar teu nome
Então faço uma canção com a melodia
De um sentimento que não sei expressar
E repito como um mantra silencioso
Que apenas o coração consegue escutar
Só as mães sabem amar

Meu receio é nunca mais ver teu sorriso
Então estampo tua forma com precisão
Nas retinas quando meus olhos se fecham
E vejo muito além da longa distância
Que encurta quando as almas se encontram
Só as mães sabem amar

Sinto muito pela minha ausência infausta
Deveria ter aproveitado mais teu colo
Sou uma criança aos teus olhos inocentes
E não há culpa onde o perdão impera
Teu ventre é o fruto que produz as sementes
Só as mães sabem amar
Paulo Antonio Barreto Junior
Enviado por Paulo Antonio Barreto Junior em 23/08/2007
Código do texto: T619810
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Paulo Antonio Barreto Junior
Salvador - Bahia - Brasil, 46 anos
417 textos (6218 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 18:51)