Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Familia, a maior benção do mundo- Dedico aos meus filhos Rodrigo e Giovanna

"FAMILIA,MAIOR BENÇÃO DO MUNDO"
dedico aos meus filhos,
RODRIGO e GIOVANNA
 
Arneyde T. Marcheschi

 
Todos os dias olho o brilho do sol
e agradeço ao Pai,pelos filhos
netos, nora e genro que tenho.
Quando sózinha ,sem ninguém
 com quem falar e recordar,
as palavras me faltam e tudo que
resta é olhar velhos albuns
de fotografias e empreender uma
viagem ao passado, devaneando
 trazendo mil recordações
guardadinhas no fundo do
baú de sua velha memória.
Cada página,conta uma história.
Os primeiros meses de vida,
os primeiros passinhos...
as primeiras palavras ditas
numa linguagem que só as mães
são capazes de entender e traduzir.
O primeiro dia de aula
quando metade do seu coração
ficou la na escola,com vocês...
o horário da saida que não chega...
a ansiedade em ve-los e saber
se sentiram medo...saudades...
coisas bobas de mãe...
e eles chegam alegres,sorridentes
contam todas as travessuras,
os amiguinhos novos que fizeram...
você se ressente...parece que não
sentiram a sua falta...você não
ertence mais ao mundinho deles,
esse mundinho que estão descobrindo.
A primeira Comunhão,
a familia, os avós, tios,primas
uma comoção só...e eles
lindos com Papai do Céu no coração.
A primeira namoradinha,
o primeiro namoradinho
vistos como concorrentes...
que coisa triste! Dividir os filhos!
Filhos que carreguei no ventre
que amamentei,que perdi
pacientemente noites e noites,
dor de ouvido,cólicas...
ou mesmo uma gostosa manha...
o colinho do papai ou da mamãe
era mais fofinho, quentinho,
tinha sempre acesa a chama
indelevel do amor,da ternura.
E quando chega o dia do noivado,
o medo vai tomando conta
dominando sua vida...
A primeira prova do vestido
de noiva...esconder as emoções,
mãe de noiva e noivo,não pode
chorar....tem que estar alegre!
Quanta ironia do destino...
quando entrei com meu filho
na Igreja, mal conseguia
andar,tremia,coração acelerado
parecia sangrar no peito...
A volta para casa,o quarto vazio
sobraram profundas lembranças
alguns brinquedos conservados...
seus troféus e retratos de cada
competição vencida...seu curriculum
esportivo, diplomas e titulos conferidos
no Brasil e no exterior...
o maior orgulho do seu pai.
O seu  cheiro nos lençois,
o vazio que sua saida deixou.
Quando você começa se acostumar
a filha querida,a sua princesinha
chega toda eufórica, anuncia que
também vai se casar...
já marcaram até a data...
escolheram os convites,os padrinhos,
até o cardápio que será servido
aos convidados...o cerimonial
a Igreja...a viagem de lua de mel,
tudo perfeito,já decidido e aprovado.
Você, toma um susto...engole
o choro e os abraça com seu
melhor sorriso externo...o
interior vive um inferno...
È muita surpreza para um dia
de apenas 24  horas...
È uma nova tortura, a repetição
da insegurança, do pânico que
se aconchega e cria raizes
no probre coração.
Mas, sou uma pessoa que acredita
no amor, até no amor pós-vida...
entendo o que o amor é capaz de provocar,
abrigo, desamparo, ser doce como mel
ou amargo como fel...
Os solitários sonham com um amanhã
que nunca chega...
e os que amam e são amados
descansam os seus medos,suas
angústias e preocupações nas
costas da sua outra metade...
ter alguém que se ama smpre
por perto, basta um olhar
para dizer:" Quanto te amo!"
O silêncio entre duas pessoas
apaixonadas,é a certeza absoluta
da importância de um na vida
do outro, e não sobra espaço
para outras coisas...
Basta apenas se entrelaçar
misturar os sentimentos
através de um afago,um carinho,
ou um simples cheirinho no pescoço.
Assistindo como espectadora
desse filme da qual seus filhos
são os atores principais,
qualquer mãe sente a felicidade
no coração, pois ninguém veio
para tirar-lhe nada,mas sim
para somar e multiplicar,
quando o maior presente
do universo de sua vida
é entregue em seus braços:
As joias mais raras e preciosas,
"os netos queridos e amados."
 Você tem a certeza de que a
 essência de sua vida,na sublimidade
do seu amor, revive através dessas
criaturinhas tão perfeitas,lindas
inteligentes, sadias,
também é um pedacinho de você,
a mãe que ontem chorava a
sindrome do ninho vazio....
hoje chora agradecendo a
familia que se multiplicou
que floresceu e lhe traz
uma nova esperança
novos sonhos e alegrias
a cada amanhecer.
Familia querida,obrigado!
Amo muito vocês!
 
Vitória.E.Santo 23/08/2007
www.vidatransparente.com.br



 
 
 
 

Arneyde Tessarolo Marcheschi
Enviado por Arneyde Tessarolo Marcheschi em 23/08/2007
Código do texto: T619987

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Arneyde Tessarolo Marcheschi
Vitória - Espírito Santo - Brasil, 68 anos
153 textos (4829 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 07:50)
Arneyde Tessarolo Marcheschi