Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Musa Poetisa, Duplo encanto, Flor D'alma que iluminas nosso Recanto


Nas margens do Arno
Perfuma de vertigens e magias
Flor rara, maga ninfa
irradias, beijos dardejantes,
poesias

Reza a lenda:
que se furtam-lhe suas pétalas,
Recamadas por asas de anjos
ou seu pedúnculo gracioso
que contumaz, enraízas n’alma
soro de feitiços,
encantos,

Acordas furioso,
Majestoso Etna,
No apogeu de sua cólera,
No ápice de sua ira,
cataratas em cântaros de fogo,
pobre mediterrâneo, balbucia,
delira...

Tu és Musa Poetisa,
Duplo encanto
Flor d’alma,
soro de feitiços,
Que iluminas belamente,
nosso recanto.





davicartes@gmail.com
poesiasegirassois.blogspot.com
Davi Cartes Alves
Enviado por Davi Cartes Alves em 28/08/2007
Reeditado em 29/08/2007
Código do texto: T627487

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Davi Cartes Alves
Curitiba - Paraná - Brasil
788 textos (70681 leituras)
2 e-livros (115 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 16:56)
Davi Cartes Alves