Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

"CRISÁLIDA QUE MATUROU"

CRISÁLIDA QUE MATUROU!!
Ao Nilson Mattos Pereira
-in memorian-

Envolto nas malhas do corpo físico
Nilson Mattos nos sonhou...
Sonhou todas as rimas
de todos os poemas que deixou...
Belezas que, em poesia, registrou
Encantos que o dobraram, reverente...
Magias que em seus dedos ajeitou...
Quimeras que em seu íntimo calaram,
Versos que escreveu e que ficaram
para sempre neste plano dos viventes!

Num processo sutil, mas verdadeiro
esteve em seu corpo, entre a gente:
-Crisálida,
que o tempo maturou!
dia após dia, de seus dias, vivamente,
serviram para ascender eternamente,
as luzes e as belezas que levou.

Deixou-nos o caminho dos poemas!
Podemos passear alegremente,
pelos sonhos palpáveis que sonhou,
e que em vida e assim, tão ternamente,
nos canteiros da estesia, ele plantou
o espírito dos poemas, por sementes
de todo encantamento, que medrou,
nas linhas tão gentis de sua poesia!

Crisálida, nas malhas do Senhor,
o poeta pelo tempo caminhou
e àquela dimensão de nossa vida,
na mente do poeta se apagou
e veio acender-se, rediviva
no dia atual, que o libertou!

Ganhou luzes!...
Ganhou cores!...
e perfumes!...
Linda Flor!!

Ganha asas!
Rompe a teia!
Sorri...
Acena...
Rufla as asas
e em lindo voluteio...
Nilson,
Alma amena
que voou!...


Maria Mercedes Paiva
14.10.05




Maria Mercedes Paiva Paiva
Enviado por Maria Mercedes Paiva Paiva em 24/10/2005
Código do texto: T62882
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Mercedes Paiva Paiva
São Paulo - São Paulo - Brasil, 66 anos
76 textos (4412 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 13:02)