Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Às vezes...

Às vezes...

Às vezes não sei como ser...
Às vezes deixamos passar pessoas importantes.
Às vezes calamos e deixamos cada qual imaginar...

Às vezes pecamos e sofremos por esse erro
Às vezes o incontável passa a ser contável
O inimaginável, imaginavel...

São assim as regras da vida
Hoje vivida amanhã talvez arrependida ou
Experiência de vida...

Sendo assim a vida não se traduz apenas em um poema
e sim na visão do mundo, de cada despertar de cada olhar
Subversivo ou contrário, delicado ou dedicado é assim a vida...
Marcos Roberto de Oliveira
Enviado por Marcos Roberto de Oliveira em 24/09/2007
Código do texto: T666396
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marcos Roberto de Oliveira
Francisco Morato - São Paulo - Brasil, 37 anos
161 textos (9700 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 22:11)
Marcos Roberto de Oliveira