Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

POEMA PARA MINHA FILHA

POEMA PARA MINHA FILHA
Lílian Maial


Os caminhos são tantos,
Tantas portas por abrir...
Meu universo toca o dela,
Quero passar meus valores,
Minhas órbitas,
Tentar evitar a colisão,
Mas ela é seu astro,
E tudo o que posso
É esperar.

O núcleo é incandescente,
E sorrio no contorno de seu rosto.
A nova mulher é tão menina,
Como eu,
Tão segura,
Como eu,
E é mais ela do que eu.

É flor, botão, caule e raiz.
E eu, que me nutro de dúvidas,
Quero a seiva que circula em seu olhar.
Clorofilo meus receios,
Para exalar certezas.
Fotossintetizo os silêncios
- Um certo respeito de tronco -
Somos frondosas.

Sem inverter os papéis,
Sou mãe e guia,
Amiga e filha,
Mas nem tanto.
Sou o alicerce sob seus pés,
O trampolim de seus saltos,
A mão aberta da liberdade do vôo.
Mas sou também o ninho,
O galho do pouso,
O sol que aquece,
O ar que sustenta,
O bico que alimenta.

Enquanto que ela é minha antítese,
A guerreira que respeito,
A fé nos meus conceitos,
O novo da rebeldia,
A luz do momento escuro,
A revisão do meu passado
E a perfeição do meu futuro.


**********************
Lílian Maial
Enviado por Lílian Maial em 02/11/2005
Código do texto: T66705

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para o site "www.lilianmaial.com"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Lílian Maial
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
1158 textos (248652 leituras)
21 áudios (13707 audições)
3 e-livros (1280 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 00:43)
Lílian Maial

Site do Escritor