Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O amor de Reis

Quem dera Reis

Que nunca estivesses sozinho,
mas sempre com gula de beijar,
porque quando feito com carinho,
é forma de o amor demonstrar.

quado dois se entregam,
há sempre algo que fica,
mesmo quando se despegam
é como algo que petrifica.

poderás muitas beijar
mas é aquela que tu queres,
não o tentes negar.

o seu espirito estará presente,
mesmo com outras mulheres,
aquela será sempre diferente.

Francis
FrancisFerreira
Enviado por FrancisFerreira em 06/10/2007
Reeditado em 20/01/2008
Código do texto: T682779

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
FrancisFerreira
Portugal, 58 anos
637 textos (32102 leituras)
4 áudios (101 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 19:09)
FrancisFerreira