Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PELA ESTRADA BOIADEIRA

(Ao meu Tio João Gabiroba que apanhava
estas frutas, num arbusto rasteiro,
de cima da sua montaria, pela estrada boiadeira)

Perto deste centro antigo da mineração
Doces lembranças de um passado
De marmeladas muito saborosas
De quilombolas a lutar pela liberdade
Santa Luzia, LuZiânia, de Goiás, antiga cidade!

Passo CrisTalina, gemas de valor, encruzilhada
Chego a CaMpo AleGre, o nome combina
Vejo ali, meu Vô, com a carabina
O que podia, resolvia-se com calma
Construía pontes, sobrados, engenhos de-moer-cana
Distâncias, a pé,  a percorrer, se anda!

Em CaTalão, GoiaNdira, CuMari
AnhaNgüera, NOva AuRora, IpaMeri
Lugares onde nasceram e se criaram os meus tios
Conheço estórias, de glórias, de outras...perco o fio
Do Índio Affonso figura lendária do lugar
Dele, romanceou Bernardo, escritor sem par!

Ao atravessar o nem mais, tão corrente ParaNaíba
Relembro estórias destas paragens
Logo, a BuCaina, Terra da Vó Maria
Onde esteve só, em ilha abandonada
Onde a carabina do papo-amarelo
Diálogo singelo, bem entendido
Quem pagasse mais... Serviço garantido!

AraGuari, TupaCiguara, UberLândia
Terra dos meus pais e onde nasci
Daqui sou guardei mais do que perdi
Vim rever parentes, amigos e colegas
Gente que, um dia, cuidou de mim
Fico a ouvir estórias, muitas já conheço
Outras, ainda, quero ouvir com apreço!

Pretendo me encontrar com a minha infância
Tempos que eu não esqueço, os tempos de Criança!

Sobradinho-DF, 10/10/07- abello
abello
Enviado por abello em 11/10/2007
Reeditado em 19/10/2007
Código do texto: T689943
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
abello
Brasília - Distrito Federal - Brasil, 75 anos
937 textos (65621 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/08/17 00:53)
abello