Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Américo Pita

Américo Pita minha singela homenagem:

A poesia de Américo Pita
É rio de águas selvagens,
Límpida, pura, nascida
Nos veios dos arbustos
De Santana do Matos.
É´´ planta que desabrocha
Do cheiro da caatinga
Do sertão norte-riograndense
Perfumada de alecrim,
Sua vertente literária
Sobrepuja o seu cantar,
Passeia pela linguagem popular
Alimentado de estudo apurado
E da verve criadora, o seu sonhar.

Sobre cultura nordestina,

Roseli
Enviado por Roseli em 16/10/2007
Código do texto: T696274
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Roseli
Fortaleza - Ceará - Brasil, 71 anos
116 textos (7067 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 00:46)
Roseli