Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Póetas

         

    O que são os poetas a não ser lixeiros de pó?
    Colhem pó respirado por outros poetas
    e rearranjam formando outros pós.
    Caminham por livros já  roídos...
    Andam entre tempestades de vento...
    Poesia por todos os cantos.


    Poesia como meio de se alimentar
    Poesia como equilíbrio humano
    Poesia como forma moldada
    Poesia como pó entrando nos pulmões,
    Atingindo o cérebro, modificando o poeta
    Meu pó sendo seu pó, parte integrante da poeira cósmica

    Poesia viva, se alimentando de poetas
    Transformando seres vivos em seres escritos
    Poesia com destino certo
    Ser pó. Pó de poeta.
Lorenzo Giuliano Ferrari
Enviado por Lorenzo Giuliano Ferrari em 17/10/2007
Código do texto: T697604
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Lorenzo Giuliano Ferrari
São Paulo - São Paulo - Brasil, 54 anos
1837 textos (51318 leituras)
1 áudios (2457 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 00:44)
Lorenzo Giuliano Ferrari