Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ACREDITO

                                                                                    Janjão
(O credo do trabalhador do serviço social)

Creio na Liberdade, como principio e objetivo a ser atingido, por todos os seres humanos
Creio no direito sagrado de homens e mulheres a se recusarem ao arbítrio e ao autoritarismo
Creio na defesa incondicional dos direitos humanos
Creio que sem a plena cidadania a humanidade não garante direitos civis, sociais e políticos
Creio que ser cidadão e promover as classes trabalhadoras a esta condição é tarefa primordial
Creio na democracia como valor fundamental para socializar a participação política, bem como a da riqueza coletivamente produzida
Creio na justiça social, que possa garantir e promover a inclusão de todos, na universalidade das oportunidades
Creio no fim de todas as formas de discriminação e preconceito, seja de raça, credo religioso, ideológico, gênero
Creio no respeito as diversidades como forma de avanço da sociedade rumo as soluções das diferenças
Creio e professo o pluralismo, garantindo o respeito a todas as correntes profissionais, como professo o compromisso com o constante aprimoramento intelectual, para dispô-lo a serviço da humanidade
Creio e professo minha opção em vincular meu projeto de profissão á construção de uma sociedade sem dominação e exploração do ser humano sobre outro ser humano
Creio e articularei com movimentos da sociedade que partilham deste credo e com a luta geral e internacional dos trabalhadores
Creio que o serviço social, não deve estar a serviço dos que muito tem e nada dividem
Creio que o serviço social deve ter compromisso com os que excluídos, necessitam do pão, mas também do acesso ao conhecimento
Creio e professo como minha vida esta profissão, projeto este de contribuir com um mundo mais justo e igualitário.
dialetico
Enviado por dialetico em 17/10/2007
Código do texto: T697715
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
dialetico
Limeira - São Paulo - Brasil, 55 anos
179 textos (9909 leituras)
8 áudios (326 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 01:21)
dialetico