Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Dudu Pererê*

Dudu Pererê
onde está você?
"que, que, será que se,
será que se...?"
veludo cotelê
leve como a pluma
como a bolha,
pô-la deitada no chão
amapola, papoula
leve, lantejoula
cheiro de cogumelo
solto, sagitarium
cogitarum alguma coisa
infinito, desatrito
fortuito
tua poesia voa à toa
mar adentro
praia afora
praia agora no meio do ar
procurando a exata dimensão
do que irá provocar
esmaece no chão
do Beco dos Ratos
mas não fenece
surge depois embriagada
de tanta emoção
de um lirismo-contemplação
da insurreição
na beira do abismo
que nos estreita
que nos aperta
é preciso te abraçar


São Lourenço, MG, 20/10/2007


*jovem poeta do Rio de Janeiro, amigo do autor


Aluizio Rezende
Enviado por Aluizio Rezende em 20/10/2007
Reeditado em 09/02/2009
Código do texto: T702592

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Aluizio Rezende
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
6776 textos (146853 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 12:12)