Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

"Love Song"

De saber a sede viva insiste
Na verdade que te julga certa.
Na mentira que se faz concreta,
O seu mundo real não existe.

E de provar da fonte persiste.
E chega e se banha por inteira.
Fracassando a vida rotineira,
Aceita o novo saber em riste.

Te aproveita de cada momento,
De toda conquista que se tem.
Essa sede a saber de onde vem,
Seca na fonte se exposta ao tempo.

Teus olhos, vivos, profundo breu,
Mistérios sutis em portas d'alma.
Decifrar me toma tempo e calma...
Passa ao tempo tal qual coliseu.

E por mais que se tente entender
Não consigo jamais alcançar
Todo mistério que me é você,
Que não pára jamais em explicar.

Se há areia em meus olhos? Isso há!
Com sentimentos em profusões.
E nesse deserto de emoções
Como, me diz, posso eu caminhar?
Alê Campos
Enviado por Alê Campos em 25/10/2007
Código do texto: T710007
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Alê Campos
Uberlândia - Minas Gerais - Brasil, 28 anos
46 textos (1724 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 05:44)
Alê Campos