Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

EU VI UM NEGRINHO


Vi um menino correndo
Braços abertos em direção ao sol
Dentes alvos como nuvens
Em dia de verão
Pele tisne reluzindo na amplidão
Eu vi um negrinho menino
Cheio de vida e de esperança
Eu vi um negrinho criança

Vi o tempo passando
Vi o negrinho crescendo
Aprendendo, compreendendo
A força de um preconceito
De muito ser imperfeito

Eu vi um negro bonito
Forte com rei Zulu
Impondo e expondo sua raça
Sua força sem mordaça

Vi um homem de fé
Nos deuses do candomblé
Com as raízes da mãe África
Vicejando energia na labuta diária

Vi isto tudo e muito, muito mais!

Inspiração lenda Negrinho do Pastoreio do folclore gaúcho.

Denise Severgnini
Enviado por Denise Severgnini em 13/11/2005
Reeditado em 13/11/2005
Código do texto: T71155

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original (Denise de Souza Severgnini http://www.denisesevergnini.recantodasletras.com.br) e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Denise Severgnini
Novo Hamburgo - Rio Grande do Sul - Brasil, 57 anos
11345 textos (916675 leituras)
16 áudios (8882 audições)
311 e-livros (34109 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 17:51)
Denise Severgnini