Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FOCK IF YOUR LOVE

Fock you!!!
Com tua maçã
Trapaceaste o amor com arame farpado
Em nome da santidade
Formaste uma teia
E teceste os desamores
Fingindo e cantando
Rasgando o véu da sanidade

Amarrastes homens de boa fé
E mataste os poetas
Que acreditam no amor
E caíram com tua falsidade

Não me importa teu prato
Quem conhece é o rato
Digno de tuas contravenções
E dos teus ataques bárbaros
Dignos de Agatha Christie
e dos heróis despatriados

Não me importa se vou à contramão
Se me chutarão à traseira
E retirando as rosas da minha mão
Mandar-me-ão para a cadeira
Choque na minha razão
Levar-me-ão para a masmorra
e calar-me-ão a boca
Lançando-me em uma fogueira

Deixa eu te dizer uma coisa:
Nem a prostituta Madalena
Seria tão baixa quanto você
Que se faz de chapeuzinho vermelho
Mas nem o lobo quer provar da tua ceia

Qual a glória da tua revolução?
Sei que somos imundos
Pois todos somos pecados
Mas você é o lixo
Imunda!
És o resto da humanidade!!!

Não tem nome nem identidade
Não sabe nem forjar e falsificar
Uma suposta castidade

Que Jesus se apiede de mim...
Mas eu não tenho dó de você
Hei vê vê-la comendo com os porcos
Que restaram ao teu lado
Comendo os farelos
Que as frangas derrubaram
Ciscando no teu prato.

Rose de Casto
A ‘POETA’





Rose de Castro
Enviado por Rose de Castro em 01/11/2007
Código do texto: T719769
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Rose de Castro
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 60 anos
200 textos (22203 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 15:12)
Rose de Castro