Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Velho Calceteiro

      O Velho Calceteiro        (27)
O velho Palaio, calceteiro,
Trabalhando, curvado o dia inteiro!
Fazendo calçada à portuguesa,
Pisada p’lo povo, e pela nobreza1
         
Com arte, as pedras pousado,
Com o seu martelo, retocando!
Pedra a pedra, o dia inteiro,
É assim, o velho calceteiro!
             
É homem, de poucas letras,
Sofrendo, de algumas maleitas.
Ossos dum ofício, pesado,
Do velho calceteiro, coitado!
                 
Calçada que fez, por muitos pisada,
Calcetou, muita rua e estrada.
Pisada p’lo plebeu, e pelo nobre.
E por ela, passou o rico e o pobre!
         
Fez calçada, para a realeza,
Obra prima, de certeza!
O velho Palaio, cansado,
Um dia, deu o trabalho terminado!
       12/09/2005   J. Rodrigues
Espero que me desculpem, todos os que têem tido a paciência de lerem minhas poesias, mas embora vos pareça estranho; mas não pude deixar de publicar esta no "Recanto das Letras" porque é a minha sincera homenagem, a um homem muito simples e sincero, uma alma boa, daquelas em que se pode dizer que não há doulo nela. por isso de todo o coração e amizade, lhe dediquei esta poesia, em sua memória. embora não o tenham conhecido mas é merecedor. Galeano
Galeano
Enviado por Galeano em 08/11/2007
Código do texto: T728792
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Galeano
Portugal, 81 anos
522 textos (103788 leituras)
14 áudios (2001 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 22:34)
Galeano