Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A um amigo querido (por Bia Alves)

         
A um amigo querido
(por Bia Alves “N.B.A.B.”).

Poeta...
Que tristeza e esta, que invade t’Alma.
E deixa teus olhos tristes?
E ficas assim tão distante, de tudo tão quieto.
Calado e mudo, o que a vida te fez?
Sei que não foram os anos, e sim as pessoas.
Que, te deixaram marcas profundas.
Marca jamais vista, marcas somente sentidas.
Mas anima-te poeta, tens as palavras.
E as belezas da vida, o canto dos pássaros.
Os pingos da chuva, enfim o perfume das flores.
Todas as manhãs têm o encanto
Da vida que nasce renovada
Pronta para ser aproveitada
E cada minuto, cada segundo.
É diferente, e sendo assim.
É inesquecível e único...
Se tu parares para pensar, já somos felizes.
Poeta tens nas mãos, um dom divino.
E os meus versos, nada são perto dos teus.
Por isso, poeta, que os Anjos.
Digam amém, a tudo que pedires!

Bia: Noemia Beatriz Alves Braga!!!
obrigado por esta homenagem, sua intenção era boa
e você conseguiu o que querias, eu estou aqui onde vc
queria...



Volnei Rijo Braga
Enviado por Volnei Rijo Braga em 19/11/2005
Código do texto: T73717
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Volnei Rijo Braga
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 69 anos
2314 textos (147479 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 06:04)
Volnei Rijo Braga