Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ah, Florbela !

Ah, Florbela!,Digna de ser lembrada,
Imortal é tua poesia,
Como expressas teu desejo de ser amada.
Ah Florbela, Teus versos eu pude ler um dia.

Florbela, nobre dama lusitana,
Dos poemas os teus são mais belos
Neles sentimento algum emana,
Com os teus sonhares mais singelos.

Ah! Florbela que o amor foi o teu desejo,
Tua vida foi a triste poesia...
Através das rimas soubestes homenagear o Velho Tejo.

Ah, Florbela!,que sempre escreveu com emoção,
Assim como foi teu poema para o povo Alentejano,
Foste tu a poeta não só da alma, mas, do coração,
E esse teu coração tão nobre como o povo Lusitano.


                                      15/11/2007

* Homenagem a  poetisa  Lusa, Florbela D´Alma da Conceição Espanca.*
CARLOS BOSCACCI
Enviado por CARLOS BOSCACCI em 16/11/2007
Código do texto: T739791
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
CARLOS BOSCACCI
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 34 anos
401 textos (25873 leituras)
2 e-livros (19 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 01:04)
CARLOS BOSCACCI