Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Meu avô

Ganhei-te, presente divino.
Pra pai de meu pai e meu.
Criaste com tanto afinco
o menino que cresceu
como homem bem formado,
de caráter apurado,
que trouxe-me como filha
Pra esse mundo de Deus...

Em mim, acho que pensavas
quando gerou tantos filhos...
 Fartou-me de tios generosos
de braços que revezavam
em balançar meus desejos.

E tuas belas histórias?
Imaginárias e divertidas...
As cantigas inventadas
e a lista de apelidos
me encharcam de saudades
Ah! Meu avô querido...

Como eu definiria
avô tão especial
se o muito que eu escreva
pouco diria de ti?
E eu não sou escritora
Mas se fosse, te garanto:
Minhas obras se inspirariam
em teus cabelos grisalhos.


Ao meu avô Adelino Almeida Costa (In memorian)
(Sandra Lima Costa Melo)
Sandra Lima Costa Melo
Enviado por Sandra Lima Costa Melo em 16/11/2007
Reeditado em 09/04/2010
Código do texto: T739945
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Sandra Melo). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Sandra Lima Costa Melo
Vitória da Conquista - Bahia - Brasil
76 textos (50581 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 16:33)
Sandra Lima Costa Melo