Capa
Cadastro
Textos
┴udios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SATER╔-MAW╔

Este poema, dedico às nações indígenas, verdadeiros guardiões da mãe terra, relicário cultural tão dizimado pela contemporaneidade globalizada, por vezes tão cruel com as lendas, tradições e costumes de povos que são parte constituinte de nossa história.


SATERÉ-MAWÉ

Porantim nos conta a história
Remo mágico, cosmologia ancestral
Clava guerreira, Constituição de uma cultura
Atepê criado dos braços de Monan
Nação Sateré-Mawé
Atravessa o Madeira e Tapajós
Filhos do guaraná, planta sagrada de um povo
Bebida Ritual
Ritos de Passagem
No ferrão das Tucandeiras, valentia supera a dor
Homem guerreiro se faz
Arquétipo curador
Tuxaua comanda, reina a paz.
(Leila Soares)

Leila Souza (Soares)
Enviado por Leila Souza (Soares) em 17/11/2007
Cˇdigo do texto: T740834
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Leila Souza (Soares)
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
48 textos (11991 leituras)
(estatÝsticas atualizadas diariamente - ˙ltima atualizašŃo em 20/10/17 11:16)
Leila Souza (Soares)