Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Aos chorões

Um choro sofrido,
Cheio de dor,
Cheio de angústia;
Improvisado no ar
Rarefeito, feito de acordes
Magistrais e serenos.

Um choro sentido;
Mais com a alma do que com o ouvido.
Assombra por seu esplendor;
Hipnotiza por suas oitavas
E versos mudos falados.

Um choro perdido,
Acompanhado de braços,
Traços e abraços de um bandolim.
Harmoniza o sopro sonoro
Com o aroma saudoso,
Cauteloso e choroso do jasmim.

Um choro fingido.
Finge que chora,
Mas sorri um sorriso melódico;
Com os braços abertos de seus violões;
Aproximam-se os vizinhos,
Sorriem os chorões!
Valter Pereira
Enviado por Valter Pereira em 26/11/2007
Código do texto: T753782

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Valter Pereira
São Paulo - São Paulo - Brasil, 40 anos
237 textos (8162 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 06:56)
Valter Pereira