Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Alma pura

“Ao amanhecer, a divina luz ilumina,
Clareia as virtudes daquela mulher;
Bela, protegida por divindades;
Mãe!Santa alma pura de esperança.

Tão quanto afeto pôde dar,
Enquanto pequeno feto ainda por formar;
Doce, suave sintonia do amor materno.
Mãe!Santa alma pura de amor.

Oh!Grande Senhora!Foste admirada por anjos,
Abençoada pelas sagradas criaturas
Ao redor do leito reluzente, logo que dormia;
Mãe!Santa alma pura de encantamento.

Oh!Vã alma a minha!
Aquele encantador ser que de tudo me ofereceu
Mal pude eu agradecer e submeter-me
A tão verossímil amor
Mãe!Santa alma pura da vida!”


(Dedicado a minha mãe Laila Hatum.)

Nazmieh Hatoum Ghadah
Enviado por Nazmieh Hatoum Ghadah em 29/11/2007
Reeditado em 19/10/2008
Código do texto: T757288
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Gabriela Hatum de Mendonça). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Nazmieh Hatoum Ghadah
José Bonifacío - São Paulo - Brasil, 30 anos
116 textos (7489 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 09:14)
Nazmieh Hatoum Ghadah