Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Liberdade

Sonhei com a vontade de crescer
me tornar um homem de letras
sem concursos ou
perseguido por obtusos
intelectuais e alicia dores

Abri os olhos vendo paz
tranquilidade, paz serena
sementes de ternura
alguma parecença
na desilusão
nem o mundo é perfeito
para sorrir por sorrir

Mas a beleza
reside no encanto
simplicidade
dos direitos
do autor
que não restringe
da amiga
que abre os horizontes
da felicidade
pelas palavras
de dor
encanto
amor sem fim

Amiga
de sonhos literários
de felicidade e substância
aí tão longe
dentro do meu coração
para sempre!

para a amiga Lilu!

*poema escrito no Orkut (Querendo Quero o Infinito)
Manuel Marques
Enviado por Manuel Marques em 29/11/2007
Reeditado em 09/01/2014
Código do texto: T758399
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Manuel Marques
Espanha, 45 anos
548 textos (58970 leituras)
50 áudios (13972 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 09:35)
Manuel Marques