Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Jania

Jania

Escorrem de teus dedos diáfanos
Poesia em forma de luz,
Sons harmoniosos e rítmicos
Musicalidade que seduz
A doçura de teus poemas
São acordes de violino
Tem a dimensão lírica
Voam nas asas do vento menino
Tua performance orquestrada
Simula uma bailarina
Leva à cena com maestria
Tua poesia que sublima
Lavradora de palavras
Ressalta o Potengi com elegância
Canta a terra refúgio mitológico
Águas que lavam tua infância
Teu discurso e prática defensora
Das crianças desprovidas
Apontam para a rua descalça,
Uma estratégica saída.
Teu primeiro livro solo
Atemporal, elegante e autônomo
Preito a ninguém consagra
És merecedora de meu encômio.
Nesse permear do fazer poético
Lança-se incansável ao labor
Bebo na fonte o melhor de tua arte
Manifesto meu expressivo louvor.
Rosa Firmo
Natal, 21/11/2007


















 





Roseli
Enviado por Roseli em 01/12/2007
Código do texto: T761123
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Roseli
Fortaleza - Ceará - Brasil, 71 anos
116 textos (7055 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/08/17 21:26)
Roseli