Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CÂNDIDA SEREIA

A minha amiga é serena
como o é a lua cheia
minh' alma até se depena
à vista desta sereia !...

À vista desta beldade
a mais bela das sereias
que melhor propriedade
pode haver paredes-meias?

O meu canto colorido
virou palácio encantado
já me não sinto perdido
nem havido nem achado...

Tu me levas, ó sereia,
p' ra um jardim harmonioso
com a tua ditosa ideia
fizeste de mim ditoso.


Frassino Machado
In ODISSEIA DA ALMA
FRASSINO MACHADO
Enviado por FRASSINO MACHADO em 06/12/2007
Reeditado em 06/12/2007
Código do texto: T766845
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
FRASSINO MACHADO
Odivelas - Lisboa - Portugal
1790 textos (47028 leituras)
20 áudios (852 audições)
2 e-livros (24 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 03:24)
FRASSINO MACHADO

Site do Escritor