Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Consciência Negra

Cor de pinche reluzente
Cor da noite,escura e quente
Comunidade negra, brasileira
Oriunda da África
Grande Continente!
Tenho prazer em ser negro
Orgulho de ser varonil
Descendente de escravos
Mortos em combate
Num tempo histórico
No solo desse imenso Brasil
Sou negro guerreiro
E trago no peito o desejo
De poder transformar
A negritude do meu povo
Na incansável luta
De a igualdade alcançar
Que as gerações futuras
Ouçam as histórias
Do tempo longínquo, remoto
Da guerra dos seus ancestrais
Que sem medo, receio ou pudor
Lutaram por um mundo melhor
Pela efetivação dos direitos iguais
Revolução igualitária
Devemos promover
E temos o dever de levantar a celeuma
E essa batalha vencer
Mentes negras, estrelas no anoitecer!
Brasil verde e amarelo
Branco azul e negro
Brasil do amanhecer de um novo dia.
AVANTE!
Lurdinha Mattos
Enviado por Lurdinha Mattos em 06/12/2007
Reeditado em 08/08/2014
Código do texto: T767192
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para o site "www.lurdes.prosaeverso.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Lurdinha Mattos
Salvador - Bahia - Brasil, 61 anos
203 textos (307657 leituras)
1 áudios (659 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 18:23)
Lurdinha Mattos