Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
BALSAS - PERSONA AGRADECIDA DO MARANHÃO




Ó  Balsas! Ó Balsas!
Riso Sul do Maranhão,
Fronteiras da produção,
Do Maranhão e Nacional,
Lastreada na soja e arroz,
Milho, abacaxi, lá tudo dá,
Ó Balsas! Semente da vida,
Verduras do crescimento,
Nascendo o milho verde,
Espiga da nossa gente,
Luzente e muito radiante,
Terra de várias etnias,
Caloroso  com manto cordial,
Levando dentro do teu coração,
As palavras franca e jovial,
Ainda vou banhar, Ó Balsas!

Nas tuas águas cristalinas,

Vou descer contigo de boia,

Do porto do Canaã ata AABB

E ainda dançar um forró

Na Beira-Rio até amanhecer,

Somente assim, jamais irás esquecer,

Os grãos plantados no teu solo,

Fazem milhares de carretas,

Abrirem o teu crescimento,

Na safra dos teus belos olhos,

Fluem as tuas riquezas invejáveis,

Galardão de várias conquistas,

É Balsas do meu Maranhão,

Balsas, é a minha Paris à noite,

Luzindo sem cessar como o sol

Num eterno paraíso verde,

A Princesinha do Sul do Maranhão,

Charmosa, elegante e vaidosa,
Nas tuas águas límpidas,
Do Rio Maravilha,
Que só encontro por lá,
Mergulhar nas profundezas,
Do grande Rio Balsas,
E contigo fazer esta poesia,
Laureando os teus grãos,
De Balsas pra Caxias,
Em grande galantaria.







ERASMO SHALLKYTTON
Enviado por ERASMO SHALLKYTTON em 15/12/2005
Reeditado em 25/09/2011
Código do texto: T86408
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ERASMO SHALLKYTTON
Caxias - Maranhão - Brasil
4168 textos (2055955 leituras)
1 áudios (971 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 10:17)
ERASMO SHALLKYTTON

Site do Escritor