Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DOR DA SAUDADE

Nada consegue amenizar,
Só o tempo fará essa chaga do peito cicatrizar.
Saudade sentimento estranho,
Dói, machuca, incomoda.
Mais uma perda nos últimos dias...
Amiga Margarida Reimão,
Tão cedo partiste.
Hoje, você fará companhia para o Papa João Paulo II
Ele também era poeta!
Um dia...todos nós nos encontraremos,
Almas afins...não se separam,
Teremos no cosmos uma Grande Tertúlia...
Até um dia minha amiga!

04/04/2005
Santos SP  17:00h
Nadir DOnofrio
Enviado por Nadir DOnofrio em 05/04/2005
Reeditado em 28/04/2011
Código do texto: T9929

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Nadir DOnofrio
Santos - São Paulo - Brasil
941 textos (96686 leituras)
145 áudios (12768 audições)
18 e-livros (4283 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 04:09)
Nadir DOnofrio

Site do Escritor