Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

QUE VERGONHA!

Perdoai PAI, eles não sabem o que fazem
   Assim rogou VOSSO amado filho, ante as
   aberrações humanas.
   Que vergonha sinto eu, meu PAI,
   tantos ensinamentos deixastes,
   teu filho cruelmente sacrificado sem
   nada ter feito, além de pregar 'AMOR'
   Eram leigos antes, pensava eu...
   Mas e agora? Deixastes tudo por escrito
   e ainda há quem duvide de VOSSA existência
   Duvidam sim, pois só quem duvida, age com
   tanto desdém e ainda usam teu santo nome
   em vão
   Deixam-se dominar pelo anjo do mal,
   matam, destroem sem piedade
   Mistificam, deturpam, loucos fanáticos,
   cuja única sêde é a de sangue
   Como custa a um PAI ver que seus
   filhos não o respeitam e desonram
   Sinto tuas lágrimas em meu peito PAI,
   sinto tua tristeza ao ver que se deixam levar,
   por aquele que um dia te desafiou
   E te desafiou, por uma única palavra...Inveja!!
   Inveja do poder, inveja que só leva a ambição
   que por sua vez, leva a Destruição!!
   O invejoso faz seu clã, arrasta os pobres
   de espírito e faz deles o que bem quer.
   Inventam seitas, criam deuses falsos
   e saem destruíndo sem dó, nem piedade!!
   Minhas lágrimas se misturam as tuas PAI,
   pois não são só as mortes do corpo
   que esses maus filhos, carregam.
   Muitos deles nos matam na alma, fazem
   com que sua mesquinhez, suas artimanhas,
   sua podridão, nos envolvam em sujeiras
   que nem participamos.
   Usam máscaras de bons filhos,
   usam teu santificado NOME, num descaso total.
   Ahhhhhh...pobres infelizes, que não acreditam
   em VÓS, meu PAI!!
   Não sabem que a tudo olhas e que o fim
   deles se aproxima junto com o Demo!!!
   Não voltarão mais,isso é tão certo quanto
   VOSSA existência.
   Não usufruirão do Paraíso que criastes,
   que deixastes destruirem, para ver
   quem realmente mereça, nele..
   Viver eternamente!!!
BellVil
Enviado por BellVil em 17/02/2006
Código do texto: T113103

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (www.bellvil.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
BellVil
Santos - São Paulo - Brasil
291 textos (21055 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 20:03)
BellVil