Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

QUASE NA MINHA.

               
Chego da rua, o suor colado ao corpo,
Tiro os sapatos, dou alívio aos pés,
Escuso toda a roupa, uso a bermuda.

Uma dose de usisque abre-me os poros,
Afaga o coração, dá luz aos olhos,
O espírito conduz-me à transparência.

Agora sim, respiro, estou na minha,
Ninguém vive melhor nem goza mais...
É pena que estou só, sem companhia...

A companhia feminina, amiga,
É um pedaço do céu ou é todo ele
A iluminar-me o sonho e a fantasia.
                          24-03-04
joaojustiniano@terra.com.br
www.joaojustiniano.net

João Justiniano
Enviado por João Justiniano em 03/05/2006
Reeditado em 03/05/2006
Código do texto: T149591

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Ex: cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
João Justiniano
Salvador - Bahia - Brasil, 96 anos
619 textos (19611 leituras)
13 e-livros (1027 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 21:11)
João Justiniano