Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Às folhas secas

peregrinante às folhas secas
o som flautante de outono
verdejando acordes nas árvores
bailantes na melodia do vento

na relva amarelada à beira
passeantes seres querem
perfumantes em seiva de pinho
andantes cavalgando as horas

ao longe distante colibris
pertinaz lançante em asas
chilreante alegoria de gorgeio
entoante prazeroso sibilar

as folhas entapetantes
nos caminhos de seguintes
formantes cálices esboços
entretom amarelo carmesim

junto às folhas dormitantes
um manto em caroçama
ajeitantes entre elas
abrigantes em jazer nutriz

exultantes folhas mortas
extravasantes renascentes
alapado putrescente
das noviças folhas verdes

também folha morta me vi
sibilante enfraquecida
gorgeante entardecer
verdejante alvorecer!

NENINHA ROCHA
Enviado por NENINHA ROCHA em 13/05/2006
Reeditado em 15/05/2006
Código do texto: T155625
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
NENINHA ROCHA
Guarapuava - Paraná - Brasil, 56 anos
310 textos (10916 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 09:42)
NENINHA ROCHA