Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Rascunho mareante

Nas paredes brancas de uma vida
muito há que se colher da alvorada,
do crepúsculo venturosa esperança
evidente nos raios que a lua lança,

assomando emoção virgem ao pincel,
que em alvor fará a alma a sensível
sorrir ao sol e seqüestrar seu calor
que colore os desencantos de amor!

A algema que alma cinge, desancorar
é preciso para fazer a aura brilhar
e um rascunho de roseirais concluir,
excetuando decadências sem porvir,

desfolhando uma a uma todas as paredes,
onde a docilidade do alvor se releve
à cor de sonho e congrace o som leve
da brisa mareante gemendo nas redes!

Grenoble-Fr-27/05/2006
Inês Marucci
Enviado por Inês Marucci em 27/05/2006
Código do texto: T163897
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Inês Marucci
Santos - São Paulo - Brasil, 54 anos
584 textos (23410 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 12:31)
Inês Marucci