Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Canção dos doze

"Gastaria folhas e mais
Para escrever rimas de Janeiro;
Ou a fantasia de Fevereiro.
Talvez para o deleite de
Manhãs amenas de Março;
Ou a ressurreição de Abril.
Maio seria meu mês de
Romances pitorescos,
Nos quais, imaginar-me-ia
A noiva atrasada de Junho.
Em Julho, meter-me-ia
Em versos frios
E solitários, porém.
Quentes quando
Aquecidos no coração.
Em Agosto as flores
Da alma desabrochariam
Ao simples ímpeto de viver.
Setembro consolidaria minha
Independência, posto que
Inteiramente dependente
De carinho e risos.
Ah! Outubro antigamente
Dava-me expectativas,
Hoje dar-me-ia certo
Tom de envelhecimento.
Novembro chegaria de manso,
Cheirando a fim de ano.
Dezembro lembraria fé com boa
Dose de espírito natalino.
E os 365 dias são um turbilhão,
E a única certeza é que pelo menos
Os nomes desses doze deuses não mudarão!”
Andrea Sá
Enviado por Andrea Sá em 09/06/2006
Código do texto: T172253
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Andrea Sá
Irati - Paraná - Brasil, 26 anos
198 textos (7791 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 09:54)
Andrea Sá