Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Paz Interior... E compartilhada


Eu e o silêncio
Ficamos Remexendo as águas claras
Que descem entre as rochas, formando ondas
Levando sonhos e pensamentos
Deslizo de uma memória,
Revejo histórias,
O dia passa junto às ondas que se formam
Luz do sol vai se apagando,
O ambiente é tomado por perfumes da natureza
Coisa bela, eterna.
Olho e a penumbra da pupila dilatada,
Um deslize, rola uma lagrima
Talvez a chuva fina que nos molha lentamente.
Num peito inquietante,
Por um insistente.
Damos lugar à saudade,
E que no fim desse vazio,
Que me deixa sonolento,
Já me esqueci das horas!
O vazio destes dias calou.
Procuro algo e de repente um som
Um gosto amargo,
Já não chove!
A noite cai e a luz alta da lua
Ilumina meus passos
Na longa trilha que agora retorno,
Um despertar de mais um sonho
Os pássaros todos se acomodam para o seu descanso
Os pensamentos se encontram
Um dia talvez eu descanse e a paz
Para que esta chegue, espero deixar toda tristeza,
E o gosto amargo, que jamais irei engolir,
Fico feliz que estou bem perto
Vou encontrar,
Todos os amigos que deste dia falei
E não somente eu, mas todos,
Estaremos com um sorriso estatelado
Como nunca sorrimos
Só assim estaremos nesse tão
Sonhado lar pacífico.


Eu gostaria que todos estivessem nesse dia!
Andradep
Enviado por Andradep em 28/09/2006
Código do texto: T251437
Enviar por e-mail
Denunciar

Sobre o autor
Andradep
Portugal
90 textos (4930 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 19:43)
Andradep