Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Coração Valente

Mirei teus olhos
Em paz, cerrei os meus e fiz um pedido
Lua, quiromante do amor
Ouvir estrelas salpicadas pelo mar é teu destino

Contemplei os céus
Tirei o foco do pesar
A vida continua, minha linda
No alto dos céus, não tens contas a pagar

Meu barco fazia água
Em desespero, varria ondas no tombadilho
O medo em mim matando esperanças
Trocando o real pelo... delírio.

Tornei-me incrédulo
Desacreditado, fugia da vida
Descreste do amor, mercê do acaso
Vivia a vida sem destino

Mercê do acaso, dei conta
A bombordo, alabastros toparam meio-navio
Comandante não mede esforços
Mesmo com a vida por um fio

Bem depois, conferi o perigo
Alinhado, toquei fora o risco em minha morada
Viver a mingua, sofrer - isso não...
Chorei sim - sou gente - amo a vida... eterna namorada

Sou homem sonhador
Solitário, toco firme minha morada
Feito embarcação abrindo horizontes
Destino... coração vazio em noite enluarada


Manoel - 05/11/06 - 14:25h.
Manoel
Enviado por Manoel em 05/11/2006
Reeditado em 23/11/2011
Código do texto: T282917
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Manoel
São Paulo - São Paulo - Brasil
494 textos (19129 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 20:09)
Manoel