Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Pintor.

Quem dera a essência de um poeta fosse a mesma de um pintor,
Colocando cor onde esta escuro,
Transformando um deserto seco em algo puro,

Duas pinceladas naquele rosto tristonho, e um belo sorriso,

Com a magia do seu coração,
Pintar roupas dignas em meninos de rua,
Transformar o seu ‘barraco’ em uma casa quente e cheia de ternura,

Uma mão estendida em sua direção, logo após o pedido: “tio me da um trocado?”.
E sobre a mão pequenina e calejada um abraço é pintado,

E que a cada “tropeço” um apoio colorido,
Colorir o preto e branco de toda ignorância...

Pintar toda violência com sabedoria...
E todo o preconceito com as cores do arco-íris.

Quem dera a essência de um poeta fosse a mesma de um pintor,
E com a magia do seu coração...Colocar cor onde esta escuro.










 
Leo Magno Mauricio
Enviado por Leo Magno Mauricio em 13/11/2006
Reeditado em 30/11/2006
Código do texto: T290557
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Leo Magno Mauricio
Guarulhos - São Paulo - Brasil
455 textos (14412 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 00:11)
Leo Magno Mauricio