Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Carinho meu, Caminho seu


Ofereço um carinho meu
pra adoçar o caminho seu
e pra adoçar o caminho meu
eu preciso de um carinho seu.

Acontece, às vezes, a pessoa,
mesmo tendo a índole boa
e fazendo quase tudo correto
sua vida fica, às vezes, um deserto.

Ofereço um ouvido meu
pra ouvir uns reclamos que é seu
e pra ouvir uns reclamos que é meu
eu preciso de um ouvido seu.

Nesta vida a gente quer não
os momentos de quase solidão
ou ficar lado a lado de alguém
pra enfrentar os tropeços se vem.

Ofereço um ombro que é meu
e preciso de um ombro seu.
Não esqueça do ombro que é meu
e não esqueço do ombro que é seu.

Se ouvires um grito que é meu
traga-me um auxílio que é seu.
Se eu ouvir um grito que é seu,
levo-lhe um auxílio que é meu.

Poeta Devany
Enviado por Poeta Devany em 24/11/2006
Código do texto: T300481

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Poeta Devany
São Paulo - São Paulo - Brasil, 64 anos
56 textos (3312 leituras)
3 áudios (184 audições)
1 e-livros (29 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 12:01)
Poeta Devany