Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Lágrima poética

LÁGRIMA POÉTICA
Guida Linhares
 
 
Chora a poesia uma lágrima
do mais puro cristal,
por conta de todo o mal.
 
Que duras palavras escrevem,
em versos de agonia,
como se tudo fosse porcaria.
 
O respeito que deveria ser,
o alicerce a reinar constante,
foi deixado de lado, como irrelevante.
 
E os olhos que querem ver beleza,
se defrontam com as veleidades,
em suas fogueiras de vaidades.
 
Até quando teremos isso?
Telhados de vidro estilhaçados,
por bumerangues alvoroçados?
 
Quiçá os cacos não atinjam,
corações cujo sentimento seja apenas,
o versejar poético, ainda que a duras penas!
 
Santos, SP
24/11/06
 
A favor da Campanha pela Paz e Alegria
no Mundo da Poesia.

***
Guida Linhares
Enviado por Guida Linhares em 25/11/2006
Código do texto: T300690
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Guida Linhares
Santos - São Paulo - Brasil, 70 anos
1939 textos (158425 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 22:54)
Guida Linhares

Site do Escritor