Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Coração

Ao som de passos tímidos,
Quase engatinhando,
Esfrega os olhos, mal sabe o que vimos,
Sem ter noção do que ganhamos

È uma estrada trilhada com dificuldade,
A beira de desilusão,
Quase com falsa serenidade,
Mas quem há de separar o coração

Porá tantas vezes enxergou o que eu não quis,
Sofreu por mim,
Chorou com que se diz
Lutou mesmo no fim

E quase nunca o felicitei,
Por vezes o envergonhei,
Por dias o irritei
Ao trai-lo, chorei!
Gustavo Fernandes
Enviado por Gustavo Fernandes em 27/10/2005
Código do texto: T64391
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Gustavo Fernandes
Olinda - Pernambuco - Brasil, 34 anos
55 textos (2017 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 18:02)
Gustavo Fernandes