Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Eu

Eu

Sou a alegria da luz ao amanhecer.
Quando o cansaço não me arrasta.
Sou a penumbra do entardecer.
Quando as trevas não me arrebatam.
E as noites acompanham os meus lamentos.

Sou a menina que ainda não cresceu.
Porque do sonho nunca se esqueceu.
Ainda sou, aquela garota assustada.
Em que a ilusão lhe pegava na mão.
E a levava, por caminhos
de paixão declarada.
Sou tormento, dor, agitação.
Sou coração, apenas e mais nada.
De alma enraizada
em tudo o que é emoção.
Sou ao mesmo tempo
Tristeza e alegria
Prolongo as noites pelas madrugadas.
Encurto os dias que me não dizem nada.
Embrulho-me no papel luminoso
da fantasia.
Coloco-lhe um laço de fita
Engomada,
E um cartãozinho,
onde escrevo, o que a alma me ditar.
Um simples poema,
que alguém, possa ler
e me entender.
Ou então nada, mesmo nada.
Incógnita continuarei..
Basta-me assim ser como sou
Liberta.
Nunca disfarço.
É que eu sou mesmo assim.
E ninguém me tira de mim..
 
De t,ta
07
 


 
Tetita
Enviado por Tetita em 12/09/2007
Código do texto: T649948

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Tetita
Setúbal - Setúbal - Portugal
1397 textos (80095 leituras)
65 e-livros (5625 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 10:27)
Tetita